Você tem medo de falar em japonês?

Está vendo uma boa chance de socializar bem na sua frente mas não vai lá se comunicar com a pessoa? Isso é um assunto sério, pois você pode perder valiosas oportunidades, inclusive de trabalho por causa desse medo.

Esse medo pode ter 2 causas: a primeira é que se você se considera uma pessoa tímida, introvertida, realmente não é fácil se socializar, puxar conversas com outras pessoas é um gasto imenso de energia. Porém é um problema que você precisa resolver. Respire fundo, coloque sua timidez no bolso, não se importe com a sua cara queimando e vai!

A segunda causa poderia ser o seu perfeccionismo, incutido no medo de errar ou falar alguma “besteira”, usando palavras ou expressões não muito adequadas para o  momento ou mesmo errando no uso, simplesmente. Mas a quebra dessa barreira é necessária para vencer a dificuldade em falar a língua. Porque não adianta, a gente só aprende a falar falando, mesmo cometendo erros.

Parece bem fácil quando a gente está estudando bastante, vendo muito anime e dorama, ouvindo as músicas, lendo os mangás em japonês, lendo os livros didáticos e treinando… tá tudo na cabeça, mas aí, bate um japonês na sua porta e você: TRAVA! Não consegue falar nada e ainda por cima até esquece o que já aprendeu! Será que isso não é uma coisa interna sua, por não aceitar a possibilidade de falar errado naquele momento? Como você pode lidar com esse medo e ter mais coragem para não perder as oportunidades? Olhe bem para dentro de você e trabalhe isso de alguma forma.

No final das contas sabe qual o segredo para começar a falar japonês? É ser cara de pau! Não ter vergonha dos seus erros. O erro de hoje é um forte candidato ao acerto de amanhã. O que interessa é você conseguir conversar com o que sabe, estabelecer uma comunicação, por mínima que seja. “Ah, mas se a pessoa me ignorar e não quiser conversar?” Tudo bem, deixe-a quieta lá e parta para outra. Você pode encontrar uma pessoa disposta e interessada em te ajudar a falar o idioma dela. Mas não desista.

Em tempos de pandemia anda complexo ficar encontrando as pessoas por aí, mas existem aplicativos de conversação, grupos, fóruns, blogs… não tenha vergonha em puxar assunto com o que você sabe.  Se errar, alguém pode te corrigir e aí você aprende e escreve correto na próxima, mas não tenha vergonha do seu erro, você está aprendendo! Todo mundo que acerta já errou muito, em qualquer área da vida. Tudo bem errar, desde que a sua vontade de aprender fale mais alto! Você vai conseguir.

Agora, dá uma olhada no vídeo da Monica-sensei sobre esse assunto e como ela superou a vergonha para se comunicar com um professor japonês mesmo ainda sabendo pouco da língua: