São muitos kanjis para aprender, se quiser ser considerado fluente e plenamente alfabetizado na língua japonesa. O fato é que precisamos saber 2100 kanjis em média.

Boa parte deles têm mais de uma leitura, pois quando os kanjis chineses foram adotados na língua japonesa, as leituras japonesas foram acrescentadas a eles. Com isso, alguns chegam a ter mais de 5 ou 6 leituras.

Além das leituras normais, algumas palavras ainda tem algumas bem específicas, sem contar as especiais dos nomes próprios. Então, como podemos saber qual leitura devemos usar em cada palavra?

Em alguns casos, a dica a seguir pode ajudar: quando temos jukugo (quando a palavra é composta apenas de kanjis), a tendência é que as leituras chinesas sejam usadas. E quando a palavra é composta de kanji e hiragana, tende-se a usar as leitura japonesas. Mas não leve isso como uma regra absoluta, pois está bem longe disso! Existem muitas exceções e por isso não é ideal em se ater tanto a decorar as leituras de cada kanji. O ideal é aprender as palavras que usam os kanjis e absorver as leituras naturalmente.

As palavras abaixo utilizam as leituras chinesas:

自動販売機 [jidouhanbaiki] – máquina de venda automática

感謝[kansha]- gratidão

 食事 [shokuji]- refeição  

Alguns kanjis das palavras acima, em outras palavras com leitura japonesa:

動く[ugoku]- mover-se

売り場 [uriba]- local/ departamento de venda

食べる [taberu]- comer

感じる [kanjiru] – sentir –> este kanji só possui a leitura kan, que é chinesa

Viu como não é recomendado apegar-se tanto às “regras”? Foque na palavra que está aprendendo e o kanji com o qual ela se escreve. 😉